O imposto de renda para traders pode ser extremamente confuso quando encarado pela primeira vez.

O processo tem fama de ser moroso e burocrático e, caso você não siga nossas dicas, acaba sendo mesmo.

O intuito desse post é ensinar de maneira prática como realizar o Imposto de Renda, que pode ser um pouco difícil no começo, mas com esse tutorial passo-a-passo, pode ficar mais tranquilo.

Você vai descobrir aqui:

  1. A importância de declarar o IR;
  2. Quais são os documentos e arquivos necessários;
  3. Onde obter os arquivos e documentos;
  4. Como usar a ferramenta Sencon;
  5. Como lançar as informações no sistema da Receita Federal;

1. A importância de declarar o IR

Declarar o Imposto de Renda tem suas vantagens.

Quando você executa esse processo com calma, estudando a declaração, consegue economias importantes.

Todo mundo gosta de economizar dinheiro, não é mesmo?

Além disso, você não corre o risco de cair na malha fina (o que pode trazer consequências ruins, como ter sua conta e cartão de crédito bloqueados, por exemplo).

2. Documentos e arquivos necessários

Para conseguir declarar seu imposto, algumas coisas são necessárias.

  • Notas de corretagem

Emitidas pelas corretoras. Cada corretora tem um padrão, mas o sistema da Sencon é compatível qualquer modelo e faz o reconhecimento de dados de maneira automática.

  • Sistema da Receita IRPF

Disponível para download gratuito no site da Receita Federal.

3. Onde obter os documentos e arquivos?

As notas são disponibilizadas diretamente nos sites das corretoras.

Já o programa da Receita é disponibilizado neste link.

4. Como usar a ferramenta Sencon?

Fazer os cálculos do Imposto de Renda é uma tarefa árdua. Ainda bem que existe a calculadora de IR da Sencon, que faz todo esse trabalho automaticamente.

Clique no link, faça sua conta no botão “cadastre-se” e clique em “enviar notas”. Em seguida “contratar cálculo”. Você vai ser redirecionado para uma página em que serão mostradas quantas notas você enviou. Clique em “contratar”. O sistema vai te pedir para confirmar seus dados. Pronto, o boleto já é gerado. Assim que o pagamento for identificado, clique em “emitir darf” e em seguida em “imprimir darf”. Coloque a data de pagamento do dia em que estiver imprimindo.
Para pagar a darf é só ir na boca do caixa ou pelo internet banking (mas como não tem o código de barras, você vai ter que encontrar a opção “darf”, “tributos” ou algo do tipo, depende do seu banco).
Para pegar a informação de declaração anual, é o mesmo caminho: Imposto de Renda e depois, declaração anual.
É importante ressaltar que caso você for levar a papelada para o seu contador, deve levar esse documento de declaração juntamente com as notas. Só as notas provavelmente deixarão o contador confuso, já que os cálculos são específicos da bolsa de valores e isso não é de conhecimento geral, mesmo para uma pessoa com nível universitário.

ATENÇÃO: Clicando aqui você adquire a calculadora com desconto especial.

5. Como lançar as informações no sistema da Receita Federal

De posse das suas declarações, é só ir no programa, clicar em “criar nova declaração”, declaração de ajuste anual, na opção do lado esquerdo, “renda variável” e copiar e colar os dados da declaração. As outras informações, que não são relativas à bolsa, devem ser preenchidas também (e caso algum campo não se aplique à você, pode deixar em branco). Faça isso para todos os meses em que operou daytrade. Depois que fizer, clique em salvar online. É possível ir salvando e depois voltar para fazer o que falta. Quando terminar tudo, clique em “entregar declaração”. Caso esteja declarando fora do prazo, gere uma darf de multa por entrega em atraso primeiro, senão irá dar erro.
Pronto, sua declaração foi feita.

DÚVIDAS/MITOS DO IR

“Lucrei no mês, preciso declarar IR?”
Declarar IR e pagar DARF são coisas diferentes. Se você lucrou, precisa pagar DARF.

“E swing trade?”
Só precisa declarar se ultrapassar R$20.000 e tiver lucro. Paga 15% sobre o lucro.

“Negociei menos de R$20.000, preciso pagar IR?”
Não, você é isento.

“Preciso pagar darf de prejuízo?”

IR só é cobrado quando tem lucro. Não precisa pagar darf de prejuízo! apenas declarar, porque se você teve prejuízo, é bom declarar no sistema da receita para abater no futuro quando tiver lucro com valor acima de R$20000.

Dica extra: É de conhecimento geral que o Imposto de Renda deve ser declarado até o dia 30 de abril todo ano. Porém, se você teve lucro em DayTrade, é obrigado a recolher DARFs. O mais recomendável é pagar as DARFs todo mês, já que quanto mais tempo você leva para fazer isso, maiores serão os juros. Sim, é possível fazer isso depois, mas acaba não compensando, pois fica muito caro.

Caso tenha alguma dúvida, comente aqui embaixo ou envie um email para ir@foleo.com.br.

Aproveite e siga a gente nas redes sociais: Facebook | Instagram | YouTube