Muitas pessoas ainda não sabem o que é liberdade financeira, e acabam por não conseguir atingir seus sonhos e objetivos por conta disso. Outras até conhecem o termo, mas não têm a disciplina certa para aplicar princípios que lhes levem à tão sonhada independência.

Essa liberdade, basicamente, deve ser entendida como a capacidade de pagar todas as suas necessidades sem depender apenas de uma fonte principal de renda. Assim, você tem muito mais tempo para se dedicar ao lazer e à sua família.

Então, quer alcançar a liberdade financeira e desfrutar da melhor forma possível o seu tempo livre? Continue lendo este post e siga as boas práticas que reunimos para você alcançar esse objetivo!

1. Tenha uma renda extra

Um dos primeiros passos para alcançar a liberdade financeira é conseguir ganhar mais dinheiro — além daquele que você já ganha em sua atividade principal. Para isso, você pode apostar em atividades que não precisam de muito tempo.

Entre essas ocupações, temos a venda direta de produtos cosméticos, a realização de trabalhos como freelancer ou online, entre outros serviços que você pode realizar no seu tempo livre. Assim, com esse dinheiro extra, você poderá pagar suas dívidas e acumular renda de forma muito mais rápida.

2. Faça um planejamento financeiro

É fato: você não atingirá a independência se, por acaso, não tiver um certo nível de organização.

Quando você não sabe quanto gasta, não tem como saber quanto vai sobrar a cada período. É preciso, então, criar um orçamento muito bem planejado com todos os seus custos e objetivos.

Dessa forma, você pode visualizar exatamente o que deve ser feito para conquistar as suas metas a curto prazo sem prejudicar seu objetivo principal, que é a liberdade financeira.

Organize sua vida com nossa planilha de controle financeiro!

3. Corte custos

Depois de criar um bom planejamento e por no papel todas as suas obrigações, fica muito mais simples ver onde você está gastando o seu dinheiro, e como isso está impactando a sua vida.

Nesse caso, analise todas as suas despesas e corte aqueles custos que são supérfluos, consumindo boa parte dos seus recursos.

4. Faça investimentos

Bom, você não deve gostar muito de pagar juros, não é mesmo? No entanto, sabia que é possível colocá-los para trabalhar para você? Pois é: se quer mesmo alcançar a independência financeira, é preciso aprender a acumular capital!

A melhor maneira de fazer isso é investir o seu dinheiro, para que a magia dos juros compostos possa lhe render bons frutos. Nesse caso, são cinco fatores que devem ser considerados:

  • o tempo;
  • taxas de juros e retorno esperado;
  • o capital disponível hoje;
  • aportes futuros e periódicos em seu capital;
  • e o seu perfil de investidor.

O segredo é: quanto mais dinheiro você conseguir separar para investir, e quanto mais diversificada forem suas aplicações, maiores oportunidades de ganho você terá.

Enfim, se você tem por objetivo alcançar, de fato, a sua independência, o ideal é que você siga todas as dicas que vimos até aqui. Reorganizar as finanças é um grande desafio, mas, com dedicação, temos certeza de que você poderá vencê-lo!

E agora, se gostou deste post e quer ajudar também os seus amigos a conquistar a liberdade financeira, compartilhe essas dicas nas suas redes sociais!